Blog

Reuters


Mercado chinês teve forte alta após a notícia de que o presidente dos EUA busca um acordo comercial com o presidente chinês, mesmo após uma nova acusação contra o país. Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, que conversaram por telefone na quinta-feira (1), expressaram otimismo a respeito da resolução de sua disputa comercial antes da cúpula do G20, marcada para o final de novembro na Argentina.
Guerra comercial: entenda a tensão entre EUA e outras potências
Mas horas depois da avaliação positiva, o Departamento de Justiça dos EUA visou outra empresa chinesa acusada de práticas injustas, como parte de uma campanha de pressão generalizada do governo Trump contra a China.
Presidente da China, Xi Jinping, e presidente dos EUA, Donald Trump, se cumprimentam em imagem de novembro de 2017.
Damir Sagolj/Reuters
Mesmo assim os investidores saudaram a retomada do diálogo e um relato segundo o qual Trump está adotando medidas para resolver a guerra tarifária – as ações asiáticas atingiram sua maior alta em três semanas nesta sexta-feira e o dólar recuou.
O índice de blue-chips CSI300 fechou em alta de 3,56%, a 3.290,25 pontos, levando os ganhos da semana para 3,67%. O índice Shanghai Composite subiu 2,7% no dia, a 2.676,48 pontos, e acumulou avanço de 2,99% na semana. Veja outras cotações do mercado
Apesar dos ganhos consideráveis, ambos os índices permanecem muito abaixo de seus níveis no final de 2017.
Possível acordo no G20
Trump disse no Twitter que as discussões comerciais com Pequim estão “avançando tranquilamente” e que planeja se encontrar com Xi nos bastidores da cúpula do G20 na Argentina depois de os dois terem tido uma conversa telefônica “muito boa”.
Mais tarde a Bloomberg, citando pessoas a par da questão, noticiou que Trump quer firmar um acordo comercial com a China na reunião do G20 e que depois da conversa com Xi ele pediu a autoridades para começarem a elaborar os termos possíveis.
O presidente dos EUA Donald Trump e o presidente da China Xi Jinping em Palm Beach, na Flórida, nos EUA, em imagem de arquivo.
Carlos Barria/Reuters
A agência de notícias disse não estar claro se o norte-americano está suavizando as exigências que encontraram resistência dos chineses, e citou uma pessoa segundo a qual o roubo de propriedade intelectual é um ponto de atrito de um acordo em potencial.
Em comentários à mídia estatal, Xi disse esperar que a China e os EUA consigam desenvolver um relacionamento constante e saudável e que está disposto a se encontrar com Trump na Argentina.
“As delegações comerciais dos dois países deveriam intensificar o contato e realizar consultas sobre questões de interesse dos dois lados, e promover um plano que ambos possam aceitar para chegar a um consenso sobre a questão do comércio China-EUA”, disse Xi à televisão estatal CCTV.
Segundo citações, depois do telefonema Xi disse que ele e Trump esperam ampliar a cooperação comercial.
Nenhum dos líderes especificou qualquer detalhe sobre um possível progresso na primeira conversa direta de que se tem conhecimento em vários meses.
Entenda a escalada da guerra comercial no mundo.
Juliane Almeida/G1

Referência

Idoso comemora aniversário com viagem de moto a cinco países da América do Sul


Tiago Westphalen, de São Roque (SP), vai celebrar os 73 anos em trajeto pelo Paraguai, Argentina, Bolívia, Peru e Equador. Morador de São Roque comemora aniversário de 73 anos com viagem de motocicleta
Reprodução/TV TEM
Um idoso apaixonado por motocicleta colocou o pé na estrada para comemorar os 73 anos de vida. Morador de São Roque (SP), Tiago Westphalen – também conhecido como “Profeta” – partiu no fim de outubro em uma viagem que vai percorrer cinco países da América do Sul.
A TV TEM visitou o aventureiro e, logo na entrada da residência, encontrou uma mesa com troféus e lembranças de cada lugar por onde Profeta já passou, e de cada encontro com outros amantes das motocicletas.
As memórias do aventureiro estão espalhadas por toda a casa, com paredes cheias de fotografias importantes para o motociclista.
Profeta viaja de moto há 33 anos, por isso acumula muitos quilômetros rodados. A última expedição foi em 2013, quando ele percorreu 32 mil quilômetros pela América do Sul.
“Acho que nasci quando eu comecei a viajar, em agosto de 1985. Agora, essa viagem é um presente que estou dando para mim mesmo, e quero fazer aniversário na estrada juntamente com a minha parceira de longa jornada: a Nicole, que é a moto!”, conta.
Morador de São Roque comemora aniversário de 73 anos com viagem de motocicleta
Reprodução/TV TEM
A moto de 125 cilindradas não é o modelo mais potente, mas também não exige muita manutenção e é econômica. Profeta e a companheira vão passar 50 dias fora, passando pelo Paraguai, Argentina, Bolívia, Peru e Equador. São cerca de 18 mil quilômetros.
“A pessoa nunca pode deixar de realizar o sonho. As pessoas falam ‘eu vou pegar férias o ano que vem, vou aposentar, tem um tereno em inventário e quando tiver dinheiro eu vou’. Faça o quanto antes, porque o dia de amanhã pode ser tarde.”
Além da emoção sobre as rodas, a paisagem muda diante dos olhos ao longo do caminho, com novos lugares para conhecer. Profeta garante que vai guardar tudo na memória e voltar com o coração repleto de emoção, com mais fotos para o mural da casa.
Morador de São Roque comemora aniversário de 73 anos com viagem de motocicleta
Reprodução/TV TEM
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí

Referência

Suzuki vai mostrar Vitara com visual atualizado no Salão do Automóvel


Modelo ganhou grade e para-choque redesenhados e quadro de instrumentos com tela colorida. SUV é oferecido com motores 1.6 de 126 cavalos ou 1.4 turbo de 146 cv. Suzuki Vitara 2019
Divulgação
A Suzuki confirmou nesta quinta-feira (1) que uma de suas atrações para o Salão do Automóvel de São Paulo será o Vitara com visual atualizado.
O modelo chega ao Brasil poucos meses de passar pelas discretas mudanças em outros mercados. Os preços ainda não foram divulgados.
Entre as novidades, estão a nova grade, com acabamentos diferentes, de acordo com a versão. Em todas elas o para-choque foi redesenhado, e agora há faróis em LED. As lanternas também ganharam uma nova lente.
Suzuki Vitara 2019
Divulgação
No interior, o quadro de instrumentos com tela central colorida e o teto solar maior são novidades.
O Vitara 2019 será oferecido em quatro versões. As de entrada, 4You e a 4All, recebem o motor 1.6 aspirado de 126 cavalos e 16,7 kgfm, aliado ao câmbio automático de 6 marchas. Nelas, a tração é dianteira.
O Vitara é um dos SUVs mais econômicos do Brasil, segundo o Inmetro.
As opções mais caras, 4Style e 4Sport possuem o motor 1.4 turbo de 146 cv e 23,5 kgfm, também aliado ao câmbio automático de 6 marchas, mas com tração integral.
Suzuki Vitara 2019
Divulgação
Initial plugin text

Referência

15 dias que mexeram com a categoria dos SUVs: veja quais são as novidades


Em duas semanas, marcas revelaram 1 modelo inédito, reestilização do líder de vendas entre compactos e diversas novidades que chegarão para o Salão de SP. Segmento dos SUVs foi agitado às vésperas do Salão de SP, com modelo inédito e mudanças nos líderes
G1/Divulgação
Os últimos 15 dias foram movimentados para a categoria dos SUVs. De modelo inédito à reestilização do líder em vendas, as novidades se acumulam às vésperas do Salão de São Paulo, que começa na próxima terça (6).
Não conseguiu acompanhar tanta notícia? O G1 reúne aqui 11 novidades divulgadas em duas semanas.
Inéditos
VW T-Cross brasileiro é ligeiramente maior em relação ao europeu
Fábio Tito/G1
Volkswagen mostra seu 1° SUV compacto, o T-Cross, no Brasil
A Volkswagen apresentou no último dia 25 a versão final do T-Cross, seu primeiro SUV compacto, em eventos no Brasil, na Holanda e na China. Ele também será o primeiro SUV que a marca produzirá também no Brasil, em São José dos Pinhais (PR). Mas as vendas só começam no ano que vem.
Caoa Chery Tiggo 4 rodando no interior de Goiás
Breiner Canedo/VC no G1
Caoa Chery Tiggo 4 aparece rodando em testes em Goiás
Modelo inédito esperado para 2019, o chinês foi flagrado no último dia 12 pelo internauta Breiner Canedo. O Tiggo 4 será o primeiro veículo com a marca Chery a ser feito na unidade de Anápolis. Hoje, apenas modelos da Hyundai são produzidos lá.
Reestilização (ou apenas um ‘tapa’)
Honda HR-V 2019
Divulgação
Honda HR-V muda pouco na linha 2019 e preço sobe em até R$ 3 mil
Vice-líder no segmento, atrás do Jeep Compass, mas ainda liderando entre os SUVs compactos, o Honda HR-V, passou pela primeira reestilização desde que foi revelado no Salão de SP em 2014. Foram poucas as mudanças visuais, além de recalibragem na suspensão e na transmissão e melhoria no isolamento acústico.
Jeep Renegade 2019
Divulgação
Jeep Renegade ganha visual atualizado no Brasil; veja preços
O Renegade mudou um pouco mais do que o HR-V, mas menos do que no exterior. Assim como o rival, ele também ficou mais caro.
Kia Sportage reestilizado
Divulgação/Kia
Kia Sportage ganha reestilização no Brasil, mas só nas versões mais caras
O SUV sul-coreano também começou a ser vendido nesta semana, com mudanças visuais, mas restritas a algumas configurações.
BMW X4 M40i
Divulgação/BMW
Em pré-venda, BMW X4 renovado estará no Salão de São Paulo
O “irmão” menor do X6 chegou à segunda geração em março deste ano, com apresentação mundial durante o Salão de Genebra, na Suíça. No Brasil, será oferecido em duas versões.
Mudança de linha
Chevrolet Tracker Midnight
Divulgação/Chevrolet
Chevrolet Tracker ganha controle de estabilidade de série e parte de R$ 92.190 na linha 2019
O SUV compacto da Chevrolet adotou o recurso de segurança, adiantando uma obrigatoriedade prevista para 2020 no Brasil, o que outros rivais, como o HR-V e Renegade, também já fizeram.
Presença no Salão
Todos os modelos acima estarão no Salão de SP. Mas o evento também terá novidades nunca vistas. Entre as mais aguardadas, que foram anunciadas nos últimos 15 dias, estão conceitos de SUVs da Fiat e da Hyundai.
Desenho de conceito que a Fiat vai exibir no Salão do Automóvel
Reprodução
Fiat terá conceito que antecipa novo SUV no Salão
O conceito da Fiat, desenhado em Betim (MG), pode ser o aguardado SUV da Toro. Com a entrada da Volkswagen na briga dos utilitários compactos, com o T-Cross, a marca passa a ser a única que não estava nessa disputa –supostamente, para não rivalizar com a “irmã” Jeep.
Além do conceito, no começo de outubro, a Fiat anunciou o 500X, SUV do Cinquecento, para testar a aceitação do público do evento.
Conceito Hyundai Saga EV
Divulgação
Hyundai vai mostrar conceito de SUV que antecipa próximo HB20
Vice-líder na venda de SUVs compactos com o Creta, a Hyundai vai mostrar um conceito de SUV elétrico, o Saga EV, criado pelo estúdio da marca nos Estados Unidos em parceria com a filial brasileira.
Ford Territory
Guilherme Fontana/G1
Ford confirma SUV chinês Territory e EcoSport sem estepe para o Salão
Segundo a marca, o modelo que ainda não começou a ser vendido na China, virá ao Brasil para “medir” a reação do público e ainda não tem confirmação de venda.
Ele tem porte semelhante ao do SUV mais vendido do país, o Jeep Compass.
Além disso, a Ford exibirá o EcoSport sem estepe na traseira, como ele é vendido no exterior e também poderá ser oferecido assim no Brasil, e o Edge reestilizado.
Mitsubishi Outlander ganha visual renovado para a linha 2019
Divulgação/Mitsubishi
Mitsubishi Outlander ganha visual atualizado para o Salão
Assim como no “irmão” menor ASX, o SUV será mostrado com uma leve reestilização, na linha 2019.
Salão do Automóvel 2018: veja mais de 50 carros esperados para o evento
Veja o guia do Salão do Automóvel de São Paulo 2018

Referência

Maia defende que Câmara vote projetos da agenda econômica

Sánchez disse que se reuniu com o presidente da Petrobras para analisar as cotas que o Brasil faz do gás boliviano sob um contrato que expira em 2019. A entrada de Jair Bolsonaro na Presidência da República não afetará as exportações de gás natural boliviano ao Brasil, disse nesta quinta-feira (1º) o ministro de Hidrocarbonetos da Bolívia, Luis Sánchez, que negocia novos contratos com a Petrobras.
Sánchez disse que se reuniu nos últimos dias com o presidente da estatal, Ivan Monteiro, para analisar as cotas que o Brasil faz do gás boliviano sob um contrato que expira em 2019.
“Estávamos com o presidente da Petrobras e toda a sua equipe, trabalhando nas cotas e nos possíveis contratos com o Brasil… O contrato com o Brasil não termina em 2019, de acordo com as cotas ele pode ser concluído em 2024 e é nisso que estamos trabalhando. Paralelamente, também, em outros contratos”, disse Monteiro a uma rádio local ao retornar do Brasil.
O atual acordo estabelece um volume mínimo de compra de 24 milhões de metros cúbicos por dia (MMmcd) e um máximo de entrega de 30,08 MMmcd.
Sánchez se mostrou seguro que o aceno à direita do Brasil com a eleição de Bolsonaro não significa o fim das vendas de gás da Bolívia, governada pelo esquerdista indígena Evo Morales.
“Comercialmente somos muito competitivos em comparação com outras empresas que fornecem gás ao Brasil”, disse.
Neste contexto, Sánchez confirmou que a boliviana YPFB procura entrar no mercado minoritário de distribuição de gás no Brasil, que está abrindo o setor.
“Essa abertura de mercado brasileiro faz com que a YPFB possa ter maiores lucros do que os atuais, porque hoje o gás é vendido até a fronteira. Com a abertura do mercado, o gás poderia ir a São Paulo, Cuiabá, Campo Grande e outros pontos. Eu vejo uma oportunidade nesse cenário”, concluiu sem dar maiores detalhes sobre as negociações.

Referência

Apple lucra US$ 14 bilhões no terceiro trimestre


Vendas de iPhone, o principal produto da empresa, se mantiveram estáveis, mas o valor médio de venda do aparelho subiu 28,3% no último ano. Vendas do iPhone estão estagnadas, mas o preço médio do aparelho continua crescendo.
REUTERS/Shannon Stapleton
A Apple divulgou nesta quinta-feira (1) o balanço do trimestre encerrado em setembro com números que confirmam a estratégia recente da empresa. O faturamento da empresa chegou a US$ 62,9 bilhões no terceiro trimestre do ano, alta de 20% em relação ao mesmo trimestre em 2017 — superando a expectativa de analistas.
O lucro da empresa subiu para US$ 14,1 bilhões, de US$ 10,7 há um ano. Apesar de o resultado ter superado algumas expectativas, as ações da empresa caíram 5,08%, depois do fechamento do mercado. A preocupação de investidores está nas expectativas para o final de 2018.
A Apple espera vendas entre US$ 89 bilhões e US$ 93 bilhões para o quarto trimestre, o que significaria uma redução nas vendas de final de ano da empresa, incluindo os novos iPhone Xs, Xs Max e Xr, lançados em setembro.
Principal produto da Apple, o iPhone teve vendas de 46,8 milhões de unidades no período, ligeira alta em relação ao ano passado, quando a empresa vendeu 46,6 milhões de unidades. Apesar disso, a receita de vendas do aparelho subiu 29%, para US$ 37,1 bilhões.
É o nono trimestre de estagnação nas vendas anuais de iPhone, um produto que, no terceiro trimestre do ano, respondeu por 59,1% do faturamento total da empresa. Mas a alta no preço dos aparelhos ajudou a manter o faturamento em alta. No resultado desta quinta-feira, a empresa afirma que o preço de médio de um iPhone chegou a US$ 793, alta de 28,3% ante os US$ 618 há um ano.
Essa estagnação foi um problema para a Apple há alguns anos, mas foi abraçada pela empresa que faz a manutenção da base de usuários, oferecendo produtos de alta qualidade, cada vez mais caros. “A companhia está encontrando novas maneiras de fazer dinheiro com a base de usuários existentes”, escreveu em nota o analista especializado em tecnologia Gene Munster, da companhia de investimentos Loup Ventures.
A empresa tem tirado proveito da renovação que a base de usuários faz de seus produtos e integrado uma plataforma de serviços, que inclui licenciamentos, pagamentos com o sistema Apple Pay, streaming de música e o serviço em nuvem iCloud. Esse segmento teve recorde de faturamento no trimestre, com US$ 9,9 bilhões, uma alta de 17% em relação ao ano passado.

Referência

Maia defende que Câmara vote projetos da agenda econômica

Companhia já opera uma série de serviços financeiros, incluindo pagamentos, por meio de sua divisão Mercado Pago. A empresa de comércio eletrônico Mercado Livre recebeu nesta quinta-feira (1º) uma licença do Banco Central para atuar como instituição de pagamentos, disse à Reuters o vice-presidente de operações da empresa, Stelleo Tolda.
Atualmente, a companhia já opera uma série de serviços financeiros, incluindo pagamentos, por meio de sua divisão Mercado Pago, em parceria com instituições financeiras autorizadas a operar pelo BC.
“Agora, poderemos fazer isso de forma direta”, disse Tolda.
Com a licença, o Mercado Livre pretende oferecer a clientes no Brasil uma gama de serviços financeiros como já acontece na Argentina, incluindo contas para pessoas físicas, que são remuneradas como se fossem um investimento, além de empréstimos.
A conta permite também serviços como pagamento de boletos, carregar bilhetes de vale-transporte, e créditos para celulares pré-pagos e envio de recursos para terceiros.

Referência

Detran-SP alerta sobre golpe de falsa empresa de leilões de veículos


Órgão informa aos motoristas que realiza leilões virtuais com leiloeiros devidamente credenciados, mas alerta que este não é o caso da Santiago Leilões. Detran-SP frequentemente realiza leilões, mas com empresas devidamente credenciadas
Detran/Divulgação
O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) alertou os motoristas paulistas nesta quinta-feira (1) sobre uma empresa que aplica golpes online por meio de leilões de veículos.
De acordo com o órgão, houve registro de boletins de ocorrência contra a Santiago Leilões em diversos municípios paulistas, como São Paulo, Guarulhos, São Vicente e Paulínia.
O Detran-SP informa aos motoristas que realiza leilões virtuais com leiloeiros devidamente credenciados, mas alerta que este não é o caso da Santiago.
Todas as informações, como a descrição dos lotes, municípios e pátios em que os veículos se encontram, podem ser consultadas nos editais publicados no site oficial do órgão.
O Detran-SP também alerta para golpes na internet com perfis falsos de funcionários, em que estelionatários oferecem serviços, como quitação de multas, por meio de redes sociais. O departamento e nenhum funcionário presta serviço por meio das redes sociais.

Referência

A partir da 0h deste domingo (04/11) relógios devem ser adiantados uma hora. Em caso de dúvida sobre horários da viagem, passageiros devem contatar as respectivas companhias

Com o início do horário de verão à 0h do próximo domingo (04/11), passageiros de avião e ônibus devem ficar atentos ao horário de embarque, conforme impresso no bilhete. O horário especial vai funcionar em dez estados mais o Distrito Federal e vai durar até o terceiro domingo de fevereiro de 2019 (dia 17). A recomendação aos passageiros é que, em caso de dúvidas sobre horários de voos, entrem em contato com as respectivas companhias aéreas.

Os aeroportos brasileiros e rodoviárias interestaduais nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste funcionarão de acordo com o novo decreto da Presidência da República que, neste ano, reduziu o horário de verão por conta do período eleitoral. Até o ano passado, o horário de verão se iniciava no terceiro domingo do mês de outubro.

A população dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás e do Distrito Federal deverá adiantar os relógios em uma hora.

Os estados das regiões Norte e Nordeste não participarão do horário de verão. Com a mudança, os estados de Roraima, Rondônia e a região leste do Amazonas ficam duas horas atrasados em relação ao de Brasília. Já o Acre e a parte oeste do Amazonas ficam três horas atrás.

DICA AO PASSAGEIRO

Como devo proceder com o horário de verão e o fuso horário?

Siga o horário local. Não é preciso calcular fuso horário ou horário de verão. Os bilhetes e os sites das empresas informam a hora local, tanto na origem quanto no destino. Se tiver dúvidas, consulte a companhia.

Como posso me informar sobre o horário do voo e saída do ônibus?

Nos aeroportos e rodoviárias interestaduais existem monitores instalados com informações sobre os voos e saída dos ônibus em diversos locais. É fundamental que o passageiro fique sempre atento às informações da viagem, pois podem sofrer alterações. Também é possível acompanhar os horários de chegadas e partidas pelo site dos operadores aeroportuários e rodoviários, na internet. Os horários são fornecidos pelas companhias.

Assessoria de Comunicação
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

Referência

Mitsubishi Outlander ganha visual atualizado para o Salão do Automóvel


Ainda sem preços revelados, o SUV é oferecido com três motorizações diferentes: 2.0, 3.0 V6 e 2.2 turbodiesel. Mitsubishi Outlander ganha visual renovado para a linha 2019
Divulgação/Mitsubishi
O Mitsubishi Outlander ganhou um trato no visual para o Salão do Automóvel. Assim como no “irmão” menor ASX, o SUV passou por uma leve reestilização para a linha 2019. Os preços ainda não foram revelados.
A principal novidade do Outlander está na dianteira. A grade superior passa a ser perfurada e ter duas barras cromadas de linhas divergentes. Na porção inferior, além da pintura em preto brilhante, as entradas de ar foram redesenhadas.
Mitsubishi Outlander 2019
Divulgação/Mitsubishi
Na traseira, a única alteração fica para o inserto prata na base do para-choque.
São quatro versões diferentes: GLS e HPE com motor 2.0 de 160 cavalos e 20,1 kgfm de torque, HPE-S com motor 3.0 V6 de 240 cv e 31 kgfm e HPE-S com um 2.2 turbodiesel de 165 cavalos de potência e 36,7 kgfm de torque.
Entre os equipamentos, variando de acordo com as versões, o modelo oferece faróis de led com luz diurna, piloto automático adaptativo, frenagem autônoma, aviso de mudança involuntária de faixa, sensores de estacionamento, câmera de ré e monitoramento de pressão dos pneus.
Central multimídia com Apple CarPlay e Android Auto e bancos com aquecimento está entre os equipamentos do Outlander
Divulgação/Mitsubishi
Bancos com aquecimento, ar-condicionado dual-zone, nove airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, chave presencial e central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay também estão no pacote.
Para as versões HPE e HPE-S, o porta-malas tem abertura e fechamento automáticos. Para a HPE-S, há faróis com facho alto automático.
Initial plugin text

Referência